Novas Instalações filiais de SJP e PLZ

Novas Instalações filiais de SJP e PLZ

Entre o final deste mês e o princípio de novembro, duas importantes unidades da Ativa Logística, mudam de endereço para ampliar a capacidade de atendimento às indústrias farmacêuticas e de cosméticos em suas respectivas regiões. A filial de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, ganha uma área 100% maior em comparação ao armazém anterior. A de Pouso Alegre, em Minas Gerais, ganha um espaço 45% maior em relação ao atual empreendimento.

A mudança de endereço em ambas as filiais, segundo Marcelo Azevedo, gerente Nacional de Operações da Ativa Logística, é decorrente do crescimento das operações regionais verificado especialmente nos dois últimos anos. “A filial de São José do Rio Preto tem registrado um crescimento contínuo de 20% nos últimos dois anos e estamos nos adequando para aumentar ainda mais a capacidade de atendimento e a qualidade de nossos serviços na região”, afirma o executivo.

Além de São José do Rio Preto, novas indústrias de cosméticos surgiram em cidades vizinhas, como Bady Bassit, José Bonifácio e Mirassol. No ano passado, segundo levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), o setor no Brasil movimentou US$ 30,3 bilhões (quase R$ 120 bilhões), colocando-se como o quarto maior mercado do mundo, com participação de 6,2% nas vendas globais.

Segundo Azevedo, entre janeiro e setembro de 2018 foram movimentadas na filial de São José do Rio Preto cerca de 8 mil toneladas. No mesmo período de 2019, esse volume subiu para 11 mil toneladas e a estimativa é de que ele chegue a 18 mil em 2020, especialmente com medicamentos e cosméticos. As estruturas seguem o padrão de qualidade da Ativa Logística com layouts mais eficientes e produtivos, aumentando assim nossa qualidade e pontualidade no atendimento aos clientes.

Polo farma em Minas Gerais - Em Pouso Alegre, a movimentação de produtos entre janeiro e setembro de 2018 foi de 2,5 mil toneladas de produtos. Esse volume saltou, nos primeiros nove meses deste ano, para 7 mil toneladas e espera-se atingir 15 mil toneladas no próximo ano. “Esses números nos dão uma média de 25% de crescimento em toneladas. E queremos crescer ainda mais para atender a estratégia de expansão da Ativa Logística e de seus negócios, além de manter a liderança no atendimento aos mercados de cosméticos e medicamentos na região Sudeste”, afirma Azevedo.

A Prefeitura de Pouso Alegre busca atrair a atenção do governo mineiro para transformar a cidade em um grande polo farmacêutico do país. Esse foi, inclusive, o tema de uma recente reunião entre o prefeito Rafael Simões com o governador Romeu Zema em agosto. Minas Gerais é o Estado onde a indústria farmacêutica mais cresce no Brasil, como aponta a Pesquisa Industrial Anual, divulgada em 2018 pelo IBGE. O setor obteve, em Minas, uma receita líquida de R$ 3,18 bilhões, um crescimento de 15,44% em relação ao ano anterior.